Atividade física e os cuidados com a pele

13 outubro 2015, Comentários 0

A prática de exercícios físicos ao ar livre é muito frequente, principalmente agora na estação mais quente do ano. Além de ser uma experiência diferente do dia a dia na academia, o treino “outdoor” ainda tem ainda um efeito motivacional. Mas, se você é do time que troca facilmente a esteira por uma corridinha na praia ou no parque, fique atento,pois é fundamental tomar alguns cuidados importantes, como, a correta proteção contra a exposição solar.

Primeiramente, vamos entender um pouquinho mais sobre a radiação ultravioleta (UV). De acordo com o comprimento de onda, ela pode ser classificada em UVA, UVB e UVC, que, justamente por apresentarem comprimentos de onda diferentes, causam danos diferentes. A radiação UVA penetra profundamente na pele e tem um efeito cumulativo, sendo mais relacionada ao fotoenvelhecimento (surgimento de rugas e manchas). Já os raios UVB penetram de maneira mais superficial e agem de forma imediata, sendo os responsáveis pelas queimaduras solares (causam a ardência e vermelhidão). Os raios UVC, por sua vez, são totalmente absorvidos pela atmosfera.

“Evite o sol entre as 10 e 16 horas!”

Tenho certeza que você já escutou essa orientação, não é mesmo? Mas, por qual razão?
Os raios UVB (aqueles que penetram superficialmente e causam queimadura, ardência e vermelhidão) são mais fortes nesse horário (e também durante o verão). Já a radiação UVA, diferente da UVB, é constante durante o ano todo, atingindo a pele praticamente na mesma intensidade durante o inverno ou o verão. E ela também não varia ao longo do dia.

Além de ficar atento ao horário da prática do exercício, outro ponto importante é o uso do protetor solar.

O FPS (fator de proteção solar) determina a proteção contra a radiação UVB. Quando uma pessoa usa um filtro solar com FPS 15, por exemplo, sua pele leva 15 vezes mais tempo para ficar avermelhada do que levaria se ela não estivesse usando nada. Se usar um filtro com FPS 30, levará 30 vezes mais tempo, e assim por diante. Mas mesmo filtros com fatores maisaltos devem ser reaplicados após duas horas de exposição direta ao sol para que a proteção seja garantida, ok?

Já a proteção contra os raios UVA pode estar especificada nas embalagens com as siglas PPD, FPUVA (fator de proteção UVA), em porcentagem (%) e ainda na forma do sinal +. A proteção contra os raios UVA deve ser de, no mínimo, um terço do valor do FPS. Por exemplo, para um protetor com FPS 30, o fator de proteção UVA deverá ser no mínimo 10.

Uma boa opção para os praticantes de exercícios ao ar livre ou na água são os filtros físicos. O filtro solar físico proporciona proteção através do efeito de cobertura sobre a pele (ele age refletindo a radiação ultravioleta). São compostos por agentes inorgânicos (como dióxido de titânio e óxido de zinco) e ficam depositados sobre a pele, refletindo a luz.

De qualquer maneira, o uso do filtro solar, qualquer que seja ele, não significa que você está imune aos efeitos do sol, portanto, cuide-se!

Além do protetor convencional, roupas e acessórios (chapéus, bonés e luvas) com fator de proteção ultravioleta (FPU) ajudam a bloquear o sol. No caso de uma camiseta de algodão comum, o Fator de Proteção Ultravioleta chega a 5, enquanto uma camiseta com proteção solar oferece FPU 50+. Esse resultado é alcançado através de métodos especiais na fabricação, como banhos químicos sintéticos e fios à base de dióxido de titânio.

O tempo dedicado às atividades ao ar livre também deve ser observado e, durante todo o período, capriche na hidratação. A orientação de um profissional especializado em relação ao tipo de exercício e duração é fundamental.

IMPORTANTE

  • Programe a atividade física para o início da manhã ou final da tarde. 
  • Use boné/viseira e camiseta, se possível, com FPS.
  • Use óculos de sol.
  • Não se esqueça de proteger as orelhas, os lábios, couro cabeludo (do caso dos carecas).
  • Filtros resistentes à água/transpiração também devem ser reaplicados.
  • Evite longos períodos sob o sol, mesmo com proteção.

Um abraço,

Dra. Maria Clara Couto
Médica Pós-Graduada em Dermatologia e Medicina Estética, Membro da Sociedade Brasileira de Laser (SBLMC) e da Sociedade Brasileira de Dermatologia Clínico Cirúrgica (SBDCC)
CRM/SC 18300
CRM/SP 135626
Contato: mccouto@doctor.com

 

 

Deixe uma resposta

This template supports the sidebar's widgets. Add one or use Full Width layout.